Batoto Yeto enfrenta os desafios do COVID-19

Numa altura em que o Mundo está de olhos postos na possível cura de um vírus que fez parar a economia mundial, o GIRRC`3º realizou, no mês de Maio, uma extensa entrevista à Associação Batoto Yeto (BYP). O nome, originário do Suaíli e que significa “as nossas crianças”, é uma associação cultural e juvenil sem fins lucrativos que tem como alvo primordial os jovens e crianças interessados na cultura africana, provenientes de meios económicos mais ou menos desfavorecidos.

Em fase de pandemia, uma associação que realiza o seu trabalho através de projetos e eventos, sentiu a necessidade de colocar os colaboradores em regime de teletrabalho e praticamente “estagnou” as respetivas atividades.

A dificuldade de realizar o seu trabalho online para a comunidade, deve-se ao facto de muito do seu público não ter dispositivos com acesso à Internet. Assim sendo, e com o objetivo de incrementar a comunicação, a CulturFACE através do GIIRC`3º sugeriu apoiar a Batoto Yeto através da divulgação do seu trabalho social media, realização de um vídeo sobre a associação, cobrir os eventos da Batoto Yeto a nível presencial e também com posts divulgados online para criar mais leads e fomentar a comunicação externa desta instituição.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *