Casa do Brasil de Lisboa (CBL) imparável em Tempos da Pandemia

O projeto Lisboa Acolhe prossegue com as suas atividades. Mas, agora por meios digitais porque a Casa do Brasil enfrenta a nova realidade – Pandemia provocada por vírus COVID-19. A semelhança das várias organizações sociais, “os encontros com a comunidade foram temporariamente suspensos em decorrência das medidas de segurança e de prevenção à COVID-19.

Segundo uma nota partilhada com o Gabinete da Imagem Integrada e de Recursos Comunicacionais para o Terceiro Setor – GIIRC’3º, a Direção da Casa do Brasil de Lisboa (CBL) faz circular os formulários sobre temas diversos cujo propósito é garantir a participação da população migrante na construção do Portal “Lisboa Acolhe”.

Entretanto, a CBL revela ainda a sua satisfação porque a recolha de contributos sobre Mídia e Opinião Pública” foi bastante satisfatória e, dessa vez, queremos a sua opinião a respeito de um novo tema: Diversidade Religiosa”.

Portugal é um País predominantemente católico, mas o acolhimento de pessoas de diferentes proveniências do Mundo, trouxe um cenário muito mais plural. A religião pode cumprir um importante papel ao proporcionar espaços de encontro, apoio social e reafirmação da identidade étnica.

“Lisboa Acolhe” vai ser um portal com o caráter inclusivo. Por isso, há questões de interesse que são levantadas no questionário a fim de perceber-se os aspetos relacionados com a liberdade para o exercício de diferentes crenças? Já teve contato com alguma situação de discriminação? Quais iniciativas podem ser desenvolvidas para estimular o diálogo intercultural? De que forma um portal informativo pode contribuir para que isso aconteça?

É importante recordar de que o Portal “Lisboa Acolhe” financiado por União Europeia através do Alto Comissário para as Migrações, sob a coordenação da Câmara Municipal de Lisboa no âmbito do Plano Municipal da Cidade de Lisboa.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *